domingo, agosto 09, 2009

NÃO GOSTAR DE FOLCLORE...... Conversando numa mesa, onde só haviam colegas professoras, uma delas falou em alto em bom tom"Não gosto de folclore, folclore não é de Deus." Fiquei pasma com tal afirmação. Afinal, não estamos trabalhando folclore para transformar nossos alunos em alunos supersticiosos, nem fazer deles alunos ignorantes, que acabam acreditando em mitos e lendas. Lógico que superstição faz parte do folclore.Veja a definição abaixo: Superstição é uma espécie de crendice popular que não possui explicação científica. As superstições são criadas pelo povo e costuma passar de geração para geração. Tudo que é passado de geração para geração faz parte do folclore. Comidas, roupas festivas, brincadeiras, crendices, músicas, danças, versos, brincadeiras verbais. Em tudo isso encontramos algo que nos remete a uma raiz, nas crendices, lendas e mitos, encontramos os "contadores de história", que numa época, onde livros era para poucos, e tv não existia, os "CONTADORES DE CAUSO" davam asas à imaginação. Eu não vejo pecado em trabalhar isso com nossos alunos. Pecado é reforçar a violência, a marginalidade. Falar de folclore deixando CLARO para a criança que mitos, lendas, superstições são coisas de um passado onde não havia escola para todos e diferente de hoje que sabemos o que é real e o que é faz de conta. Amigas professoras, concordam comigo??????

6 comentários:

carla disse...

Infelizmente tem gente que mistura religião com outros assuntos que não tem nada a ver

florzinha disse...

Concordo com sua opinião, afinal todos as crianças têm o direito de conhecer o folclore do nosso país que é maravilhoso independente de religião.

Flávia#) disse...

Concordo em gênero e número. E ainda dizem não ter preconceito....

Dreamlu disse...

Oi Catarina!Obrigada pelas suas palavrinhas!Fico muito feliz por gostar do Jardim!Sim, aqui é Verão, e está sendo um Verão bem QUENTE!Em Setembro já regresso...bjs e bom trabalho!

Umbelino disse...

Oi minha linda ,infelizmente o que nao faltam por ai sao professores que pensa da mesma maneira de sua colega de trabalho.O Folclore nao fala so dos mitos e superticoes, mas trata das nossas origens e conta de maneira bem ludica as historias que os nossos pequeninos amam ouvir.bjks.

Andréa Brandão disse...

Adoro trabalhar o folclore com minhas turminhas e durante todo o ano, porque eles gostam e permite trabalhar muito o lúdico, a criatividade, a interação na sala.
Seria um grande PECADO não permitir que nossos alunos conheçam tanta riqueza do nosso povo!!!